Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

andanhos

03
Jan18

Palavras Soltas... Maria José e a lição das 4 Estações do Ano

andanhos

 

 

PALAVRAS SOLTAS...

 

MARIA JOSÉ E A LIÇÃO DAS 4 ESTAÇÕES DO ANO

FB_IMG_1514977590321

Faz hoje exatamente 5 anos que uma amiga valenciana dos quatro costados, que em 2008 conhecemos quando faziamos o Caminho Francês de Santiago, acompanhada de seu filho, então adolescente, Adrien, mandava-nos uma apresentação (em power point) com o título «As 4 Estações do Ano».

 

Não vamos aqui agora reproduzir a aprersentação.

 

Resumamo-la apenas, assim:

 

 

Um homem tinha quatro filhos.


Querendo que todos aprendessem a não julgar as coisas tão rapidamente, e só pelas aparências, enviou, cada um deles, por turnos, observar, num pomar, uma pereira, que se encontrava a uma certa distância.


O primeiro filho foi no inverno; o segundo, na primavera; o terceiro, no verão e, o mais novo, no outono.


Depois do regresso de todos, chamou-os e pediu-lhes que descrevessem o que tinham visto.


Assim, o primeiro filho mencionou que a árvore era horrível, dobrada e retorcida.


O segundo afirmou que não, pois estava coberta com rebentos verdes, cheios de promessas.


O terceiro filho não esteve de acordo com os dois anteriores e disse que estava carregada de flores, que tinha um aroma muito doce e que a achava formosa, enfim, era a coisa mais cheia de graça que jamais tinha visto.


O último dos filhos, não estando de acordo com nenhum dos irmãos, disse que estava madura, pejada de frutos, cheia de vida e satisfação.


Então, após a versão de cada um de seus filhos, o pai explicou-lhes que todos os quatro tinham razão porquanto, cada um deles, apenas tinha visto apenas uma das estações da vida da árvore. E concluiu, dizendo a todos eles que não deveriam julgar nenhuma árvore, ou qualquer pessoa, simplesmente por uma temporada ou período da sua vida. A essência do que as pessoas são, o prazer, o regozijo e o amor que vem com a vida só pode ser medida no final, quando todas as estações tiverem passado. Se vos dais por vencidos no inverno, tereis perdido a promessa da primavera, a beleza do verão e a satisfação do outono.


Não deixeis que a dor de uma estação destrua as restantes. Não julgueis a vida somente por uma estação difícil.


Aguentai com bravura as dificuldades porque, logo, disfrutareis dos bons tempos.

Apenas o que preserva encontra uma manhã melhor, radiante.

 

Obrigado, Maria José Tronchoni pela lição de vida que quiseste partilhar comigo; pela companhia e pela tua amizade que, ao longo dos anos, tens mantido connosco, pese embora a distância que nos separa.

 

Bom Ano 2018

 

nona

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Com autorizaçao de quem é que escreveu este post?

  • Pedro Neves

    Bom dia António,reparámos, aqui na equipa, que esg...

  • maiordesessenta

    Passear por aqui proporciona sempre momentos de ap...

  • Viagens no tempo

    Bom dia António,Ficou óptimo!Um abraço e Bom Ano,B...

  • Anónimo

    Olá, Mena,Ainda bem.Bj.

A espreitar

online

rádio

ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
blog-logo